PASTORAL SOCIAL



É constituída por agentes que atuam fora do ambiente religioso da Igreja. Diferentemente
da ação paroquial voltada somente aos fiéis participantes da comunidade eclesial, a Pastoral Social se relaciona com pessoas e grupos de diferentes concepções religiosas, políticas e ideológicas. Tem como objetivo desenvolver atividades concretas que viabilizem mudanças em situações de dificuldade socioeconômicas, relacionadas à falta de trabalho, moradia, saúde, educação, pessoas e famílias em condições de marginalização e exclusão social.
Esta presença para além dos limites da Paróquia, não faz dela uma pastoral menos cristã, mas sim, constitui o específico da sua atuação.